As aventuras de Diana e Luca no Rio de Janeiro

domingo, 10 de junho de 2012

Pra quem tem medo de SP...!

Passamos um feriado excelente em São Paulo. Boa parte porque temos amigos sensacionais que nos deram uma atenção maior do que poderíamos querer. Mas, também, porque SP é uma cidade de primeiro mundo, com inúmeras opções culturais, gastronômicas, consumistas etc. Vamos ao roteiro:

1) Museu do Futebol: sob as arquibancadas do Estádio do Pacaembu, na região de Higienópolis, uma aula de futebol e de história. Os criadores do museu são os mesmos do Museu da Língua Portuguesa e combinam fatos da nossa história com as emoções das Copas do Mundo. É emocionante ouvir depoimentos de apaixonados famosos, sentir a vibração dos narradores nos gols mais distantes, bater bolas virtuais, acertar a rede virtual com a bola de fato. Programão, para todos, sem distinção.

1a) Não sei se é todo dia, mas a feira livre em frente ao estádio é um barato, tudo bem fresquinho e cheiroso. E tem o famoso Pastel da Maria, quituteira de origem japonesa vencedora dos últimos concursos de melhor pastel da cidade. Provamos e amamos.

1b) O pastel foi só um aperitivo, pois o almoço foi um polpetone delicioso no Jardim de Napoli em Higienópolis. Bom sentir um restaurante de bairro, que gosta de criança, aceita dividir os pratos na cozinha, famílias enormes comendo juntas. Ah, chegue cedo!

2) Shopping Cidade Jardim: ok, ninguém faz turismo em shopping, mas, se os filhos querem muito ver Madagascar 3, pode ser uma boa levar a tropa ao Cinemark do shopping mais luxuoso da cidade. (Parece que o JK vai ser mais, mas um impasse sobre trânsito com a prefeitura ainda mantém o Cidade Jardim à frente!) Antes do filme, uma voltinha para ver as marcas internacionais - e uma parada na loja Tools and Toys, de barcos milionários. Não provei, mas sei que o cardápio de restaurantes é ótimo: Duo Cuocci, Lanchonete da Cidade, The Tea Gourmet, Chocolat du Jour e por aí vai.

3) Catavento Cultural: nem o Museu de História Natural de NY agradou tanto aqui em casa. Parece exagero, mas o museu de ciências de SP (no lindo Palácio das Indústrias) é mais prático e real, as crianças experimentam de tudo, dão risada, sentem calafrios, choques, entram em bolhas de sabão, que passeio nota dez. Vale chegar cedo porque enche mesmo. Fiquei com inveja dos estudantes paulistas, visitar com os colegas de escola deve ser ainda melhor do que com a família. Tempo de visitação: ficamos três horas, mas dava pra curtir até mais.

3a) Depois de atravessar a pé uma avenida meio encrencada, a gente chega ao Mercado Público de São Paulo. Lindo, com vitrais nas paredes, corredores largos, quiosques para todos os gostos e... sanduíche de mortadela, pastel de bacalhau, pastel de todo tipo. Quando fomos, estava cheio demais, mas deu pra sentir que a pedida é chegar pouco depois do meio-dia em busca de uma mesa no mezanino.

3b) Vinte minutos a pé depois, passando pela famosa 25 de março, chegamos à Estação da Luz para experimentar a nova Linha 4 do metrô paulistano. Moderna e limpíssima.

*** Parênteses: na região da Luz (a estação em si, restaurada, já vale a visita), dois museus são quase obrigatórios. A Pinacoteca é um prédio belíssimo e está com uma exposição de Alberto Giacometti. Já o Museu da Língua Portuguesa apresenta o centenário de Jorge Amado. Nós não fomos dessa vez porque fizemos esse roteiro da última vez. ***

3c) De metrô, de volta à Paulista, apertei o passo com a pequena Diana e fomos até a região da Oscar Freire, esquina com Bela Cintra. Algumas atrações: móveis na L'Oeil, Livraria da Vila com uma parte infantil show, 284 e Maria Garcia para ver as modas, espaço incrível das Havaianas, Le Lis Blanc, Kate Spade, Nespresso. Eu fiz o que deu pra fazer, hehe.

3d) Se a fome apertar, tem sempre o Sujinho - pé-sujo charmoso na esquina de Consolação com Matias Aires. É uma espécie de Bar Lagoa, em que a grande atração é a chuleta, mas nós traçamos sem dó uma bela picanha com farofa incrementada. Cerveja geladíssima, de garrafa: Serra Malte ou Original, que tal...! O lugar é muito simples, mas, de novo, quando a gente viaja com criança... faz dessas coisas!

4) Café da manhã na casa dos amigos não tem preço e uma carona para a feirinha clássica da Benedito Calixto também não. A família toda amou descobrir as antiguidades, máquinas que não existem mais, máscaras com glitter e penas (tente achar a Giselle Rivoire da Bal Masqué Atelier), brinquedos quase-arte. E as gravuras originais de Vergara e Tomie Ohtake na banca do Carlos Puliti (vou achá-lo no facebook!).

4a) Tantas voltas na praça causam fome... de Liberdade. Lá fomos nós para o canto mais oriental de São Paulo. Compramos papel de origami na Livraria Sol, namoramos as bonequinhas de papel da feirinha e quase compramos um carregamento de louça japonesa na Ten Man Ya (Rua dos Estudantes 19).

4b) O almoço foi no Takô (Rua da Glória 746), recomendado pela nossa amiga Graziela. Japa com chinês, buffet e a la carte. Crianças são benvindas também, ufa.

5) Ainda tínhamos um restinho de tarde livre e fomos até a Ovo, loja de um amigo carioca, designer de móveis, talentosíssimo. Não é programa pra criança, mas o Luca e a Diana adoraram a cadeira Cadê, coberta de pano, que deixa o assento praticamente escondido. Tendo tempo livre, vale uma olhada na loja e na galeria ao lado. A Vila Olímpia é bem residencial, bacana fugir do turístico.

O jantar de despedida foi na casa de uns amigos queridos. Paulista curte ficar em casa, parece curtir receber os amigos, a gente se sente à vontade e feliz. Mesmo que não fosse assim, eu diria que toda família tem de dar uma chance a SP. Mesmo com chuva e frio, como foi o nosso caso, tudo parece diferente: os prédios são mais altos, os táxis não são amarelos, não param em qualquer lugar, café no hotel é sempre mais divertido, enfim, apresentar um novo olhar também é função de pai e mãe !

3 Comentários:

Blogger Fabiana disse...

oi Cris!!!!!

Que pena que eu não estava em São Paulo.... Ia adorar te ver!!!!

Me avise quando voce voltar pra cá passear de novo!!

Bjs... saudades
Fa

12 de junho de 2012 09:50

 
Blogger Vanessa disse...

O saudades da minha Sao Paulo!
Quando vou ao Brasil e sempre tudo tao rapido que nem da tempo de ver quase nada! As criancas esta lindas Cris! Beijos para todos!

12 de junho de 2012 12:00

 
Anonymous Cássia disse...

Acompanho seu blog desde os tempos de NY!! Fiquei admirada em ver como vocês souberam aproveitar o que há de melhor em SP em tão pouco tempo e com um tempo tão frio e chuvoso!! Estive com minha família no RJ no feriado da Páscoa, ficamos hospedados no Leblon e amamos tudo. O hotel era muito bem localizado e até conheci o Talho Capixaba, dica que peguei em um dos seus posts!! Curtimos a praia e os restaurantes. Gosto muito do seu blog, pena que você tem escrito pouco!! Desculpe a cobrança. Beijo

18 de junho de 2012 17:19

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

 
Free Web Counter
Website Hit Counters