As aventuras de Diana e Luca no Rio de Janeiro

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Revisitando

Hoje, depois de um dia dedicado à confecção de doces de laranja e banana, acordei cedo com o Luca e segui a pé para a fazenda do meu tio, a três quilômetros da nossa. O grande barato, dessa vez, não foi admirar o cerrado no caminho - mas reencontrar o (meu) passado. Foi nessa casa que passei as minhas melhores férias quando pequena, cozinhando na fornalha com a minha avó Maria, tirando leite no curral, andando a cavalo, pescando, ouvindo histórias de assombração. Além de ser sempre gostoso perceber que o que parecia imenso nos primeiros anos não é tão imenso assim, ver os olhos do Luca brilhando a cada história... que máximo. Eu tive uma infância rodeada de primos e aventuras. Espero que Luca e Diana tenham a mesma sorte. Os dois já não param por aqui. A Diana ainda é meio chatinha, fresquinha. Mas o Big Baby corre de um lado para o outro, quer experimentar de tudo. A molecada da fazenda adora, se sente importante ao ver que o mundo que conhece é divertido e novidade para os meninos da cidade.

Marcadores: ,

1 Comentários:

Anonymous Anônimo disse...

TÃO BACANA,ESSA TROCA!!UM CHEIRO NO BABY...

24 de julho de 2010 11:37

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

 
Free Web Counter
Website Hit Counters