As aventuras de Diana e Luca no Rio de Janeiro

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

À deriva

A minha ausência do blog se deve a uma sobrecarga de trabalho nunca antes vista. Não reclamo porque gosto de desafios - no emprego e na vida real. Para não deixar a peteca cair, conseguimos ontem ir ao cinema: Lúcio e eu. (Afinal, como eu sempre digo, adulto também merece um tempo para si.) Fomos assistir ao novo filme de Heitor Dhalia, "À deriva". Tudo que eu esperava mais um pouco. A inocência dos 14 anos, as férias na praia, a cadeira de vime em forma de ovo que meus pais tinham na casa do Peró (Cabo Frio) no fim dos anos 70, a conversa fiada com os amigos, os passeios de bicicleta no chão de terra, a imensidão do mar de Búzios, uma vida feliz, mas nem tanto. O filme na verdade é sobre uma menina que descobre, nas férias de sonho, a crise no casamento de seus pais. As atuações, os diálogos, o figurino, a direção, parece tudo tão real. Nunca experimentei a angústia de uma separação, tenho a sorte de ter pais casados até hoje, mas não dá para não se identificar com a história. Não dá para não querer ficar casado para sempre!

Marcadores: ,

1 Comentários:

Anonymous Isabella disse...

Espero que esse filme chegue aos Estados Unidos.

Tb tenho pais casados há 47 anos mas não fui tão feliz... O meu só durou 5... E nem foi escolha minha...

bjs

1 de setembro de 2009 18:37

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

 
Free Web Counter
Website Hit Counters