As aventuras de Diana e Luca no Rio de Janeiro

quarta-feira, 29 de julho de 2009

É o amoooooooor!

Eu passei uma boa parte da minha infância e da minha adolescência em Minas. Jamais esquecerei as férias de 1984/1985 em Pompéu, com a minha avó Taciana. E dos anos seguintes em Abaeté, com minha avó Maria. Era tempo de começar a namorar, de sair para dançar música lenta, de tomar sorvete na praça, de chegar em casa às nove da noite em dia de semana e às nove e meia em fim de semana. Foi em Minas que eu descobri a música sertaneja. Era uma febre por lá, ainda é. Mas reconheço que não era muito comum uma carioca de Ipanema se apaixonar por Chitãozinho & Xororó. Mesmo assim, na época, contagiei algumas amigas com esse meu gosto exótico. Pois não é que, depois de muito tempo sem ouvir Leandro, Leonardo e seus colegas, reencontrei o prazer de ouvir música caipira nessas férias?! Culpa da beleza da fazenda e da novela Paraíso. Sim, eu sou noveleira de carteirinha mas no trabalho não consigo acompanhar nada. Aproveitei a folga para ver alguns capítulos de Rosinha, Santinha e o McDreamy brasileiro. Me encantei com a música da abertura, do miolo, do encerramento. O jeito foi comprar a trilha sonora e ouvir Victor & Léo nas alturas, dentro do carro, em pleno Leblon. Sim - porque o verdadeiro amante da música sertaneja só ouve som alto.

Marcadores:

5 Comentários:

Blogger Daniela Chuahy disse...

Essa vc me supreendeu...musica sertaneja e Cris pareciam nao combinar!
By the way, tb acho o cara de Paraiso a cara do Patrick Dempsey!!Bjs

30 de julho de 2009 18:29

 
Blogger Cristiana disse...

Haha! A Pat e o Marcelo sabem desse meu lado B! Beijos e até quarta, hein?!

30 de julho de 2009 19:12

 
Anonymous Anônimo disse...

Nossa, Cris, finalmente uma moradora do Leblon, como eu, que é apaixonada por sertanejo. Eu tenho total esse lado B. Amo Chitãozinho & Xororó!!! Adorei o seu post, me identifiquei.
Beijos, Fernanda
Ah, as crianças estão lindas. Parabéns.

31 de julho de 2009 23:06

 
Anonymous Anônimo disse...

Cris, não dá pra deixar de gostar né.São músicas que nos fazem voltar no tempo né. Eu continuo ouvindo sempre, e se vc nâo sabe, Vitor e Léo têm um pé em Abaeté, passavam as ferias lá como nós, na casa dos tios. bjos. Tita.

1 de agosto de 2009 18:48

 
Blogger kecia disse...

Cris, vc não imagina como sinto falta dos momentos que passamos juntas nas férias em Pompéu e Abaeté.. infelizmente a vida nos conduziu por caminhos diferentes, mas saiba que gosto muito de vc e estará sempre em meu coração... beijos... felicidades!

5 de agosto de 2009 22:35

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial

 
Free Web Counter
Website Hit Counters